Posted in | 2 Comments


Concurso de Declamação de Poesia da Escola

Canção (Cecília Meireles)

Não te fies do tempo , nem da eternidade , que as nuvens me puxam pelos vestidos , que os ventos me arrastam contra meu desejo !
Apressa-te , amor , que amanhã eu morro , que amanhã eu morro e não te vejo !
Não demores tão longe , em lugar tão secreto , nácar de silêncio que o mar comprime , o lábio , limite do instante absoluto!
Apressa-te , amor , que amanhã eu morro , que amanhã eu morro e não te escuto !
Aparece-me agora , que ainda reconheço a anêmona aberta na tua face e em redor dos muros o vento inimigo ..
Apressa-te , amor , que amanhã eu morro , que amanhã eu morro e não te digo ...

Bianca Farias



2 comentários:

♥ Elaine C. Rosa ♥ @ 29 de outubro de 2009 19:13

Oi Bia!
Seu blog está lindoooo! Parabéns!!!
Bjs

x biααн ' @ 4 de novembro de 2009 14:49

Obrigada professora ^^
bgs :*